Página Inicial Fale Conosco Mapa do Site
   
 
Para buscar por "Orientações do Dia" publicadas anteriormente, digite o tema de sua escolha:
   
        Quem somos       Como funciona       Orientação do Dia       Oficina do Sucesso     
 
ORIENTAÇÃO DO DIA
AVALIANDO SUA EQUIPE
Assunto: Gestão de Pessoas
Data: 30/12/2016
   

Para ter acesso a orientações dos dias anteriores, efetue o login. Caso ainda não seja nosso assinante, faça seu cadastro agora. É fácil, simples e grátis.
Confira o texto da orientação acima:

Gostaria, hoje, de falar um pouco se você está avaliando bem sua equipe. Avaliando em outros sentidos, não é avaliando só medindo resultados aqui ou ali, avaliando por exemplo: será que a equipe que trabalha com você há 3, 4, 5 anos, não está se acomodando e você não está fixando novos desafios?
 
Eu sugiro que você renove freqüentemente o grupo que você dirige. Eu já trabalhei em empresas que houve necessidade de um rodízio na diretoria só para criar uma nova motivação no time de diretores. Por 2 vezes eu participei de um rodízio numa empresa que trabalhei. É muito importante, você pode fazer rodízio, ou então, de vez em quando, “botar” um “sangue novo” na equipe, para provocar uma “mexida”, vai haver um ciúme, e, naturalmente, inveja, mas para você e para a empresa, é fundamental que isso aconteça, não para que eles briguem entre si, mas que a empresa seja permanentemente oxigenada. Eu já encontrei empresários que dizem: eu acho muito bom ter diretores brigando um com o outro, porque assim um toma conta do outro e eu não preciso me preocupar. Não é isso. O sentido não é esse, o sentido é de renovação, de rodízio, para que você possa estar em permanente evolução, ou seja, sua equipe não fique parada, acomodada, principalmente quando os resultados não estão bons.
 
Agora, o volume ou velocidade dessa rotação na equipe é outra coisa que você deve observar. Se está rodando muita gente e rápido, da mesma maneira como eu digo uma coisa, eu também digo outra, se o “turnover” está muito alto, está saindo e entrando, freqüentemente, muita gente, isso não é bom. Por que? Isso não mantém um padrão de ações dentro da empresa. A empresa tem que ter um padrão de trabalho e esse “entra e sai” de gente termina que você tem que treinar eles, quando acaba de treinar um já está saindo, então você tem que treinar outro e dessa maneira a empresa não prospera, aí eu garanto: se o “turnover” está muito alto, ou seja, se a rotação de entrada e saída de pessoas é muito alta, é bom que você examine isso, se aconselhe com um consultor, se você não pode resolver sozinho, tente diagnosticar onde está o problema para tanta gente estar entrando e saindo e veja se o problema é mesmo da equipe, porque às vezes o problema não é da equipe, pode ser que a equipe não tenha um produto ou um serviço bom para trabalhar. O produto não é bom e você quer culpar a equipe de vendas. Às vezes o produto não dá mesmo, é preço, não tem o preço, ou então, tecnologia, estão pensando mais na tecnologia do que nas vendas.
 
O que eu quero dizer a você é que ouse, portanto, enfrente isso, não deixe a sua equipe ficar acomodada, trabalhe para que ela possa estar sempre se envolvendo.
E desafiá-los é o melhor ingrediente.
 
Por motivo de férias do nosso palestrante e, ainda, atendendo a diversos pedidos dos nossos clientes, estaremos repetindo algumas orientações anteriores. Em janeiro, voltaremos à normalidade com novas orientações diárias.
 
 


     
   
Clique aqui e envie este link para um amigo.
Cadastre-se, é grátis.
Esqueceu sua senha? clique aqui.
Voltar  
DiaDia Empresarial
Av. Domingos Ferreira, 890 - Sala 904 - Boa Viagem
CEP: 51011-050 Recife - PE Fone/Fax: (81) 3327.4984

Unu Soluções
Hangar4 Desenvolvimento Web